O setor da construção está apresentando constantes novidades em relação a materiais sustentáveis. Na hora de realizar um projeto ou reforma na sua empresa, usar opções sustentáveis podem trazer benefícios.

Outro ponto positivo dos materiais sustentáveis é que eles possibilitam aumentar o ganho de produtividade da sua equipe. E, como isso é possível? Alguns materiais proporcionam maior controle de luminosidade, temperatura e previnem o aparecimento de fungos e mofos que podem ocasionar graves problemas de saúde.

Espaços mais saudáveis aumentam a qualidade interna do ambiente, garantindo mais conforto e economia. Imagine realizar uma pintura e ter de dispensar os colaboradores por conta disso? Ou pior, alguma pessoa sofrer uma intoxicação por conta da tinta!

Usar uma tinta sustentável sem componentes tóxicos na composição, reduz as chances de intoxicação. Por isso, separamos 4 materiais sustentáveis que ainda dá tempo de incluir no seu projeto ou no acabamento. Confira!

 

  1. Tinta ecológica

As tintas ecológicas, também conhecidas como biodegradáveis, são produzidas com materiais alternativos e orgânicos como leite, limão, corantes, óleos e pigmentos minerais.

Os materiais utilizados como base não são tóxicos às pessoas e ao meio ambiente, além disso podem ser diluídos com solventes naturais. A tinta permite que a parede respire e controle a umidade do ambiente, reduzindo o aparecimento de fungos e mofo.

Outra característica da tinta ecológica, é que ela pode ser aplicada tanto internamente quanto no exterior das fachadas. Existe uma diversidade de cores e marcas disponíveis, além disso, o descarte desse tipo de tinta pode ser realizado junto com o lixo orgânico.

 

  1. Bambu

O Bambu é um material sustentável disponível em diversas partes do mundo. Muito apreciado por arquitetos e construtores pela sua força, esse material já foi comparado a resistência do aço, além disso a durabilidade também impressiona.

Na arquitetura e na construção o bambu pode ser utilizado em vigas, vedação, coberturas, matéria prima para pisos, portas e até como substituto da estrutura de concreto armado.  Mas, antes de ser utilizado na obra, ele precisa passar por um tratamento.

Algumas técnicas utilizam imersão em água e outros produtos químicos, mas o objetivo principal é proteger esse tipo de madeira contra fungos e insetos.

Um detalhe que precisa de atenção é que em contato direito com a terra, o Bambu pode sofrer danos graves. O mais recomendado é manter uma distância mínima de 40cm do solo, podendo ser utilizadas rochas ou sapatas.

 

  1. Vidro inteligente

Os vidros inteligentes são também conhecidos como Vidros Polarizados ou Eletrocrômicos e permitem o controle da luminosidade e temperatura. O vidro pode estar transparente e ao acionar um botão, vira opaco. Parece mágica, mas não é.

Os cientistas começaram a investigar materiais que ao interagir com a energia elétrica mudam a sua ordenação. O Smart Glass é composto por uma camada de substâncias condutoras, prensadas em placas de vidro transparente.

O vidro ao ser energizado pelo acionamento do botão, reorganiza as partículas e torna-se opaco. Os materiais mais utilizados para proporcionar esse efeito de transparência e opacidade, são: cristais líquidos (LCD), eletrocrômica e partículas suspensas (SPD).

O uso dessa tecnologia proporciona uma redução de 25% nos gastos com ar condicionado e ventilação, já que o vidro ajuda a controlar a temperatura interna no ambiente. Além disso, esse material controla os raios infravermelhos e ultravioletas provenientes do sol.

Por todos essss motivos os vidros inteligentes são considerados materiais sustentáveis e econômicos, pois agregam no seu seu custo-benefício. Confira abaixo como funciona o controle de luminosidade.

 

 

  1. Ecotelhado Branco

Na hora de construir pensar no conforto térmico de sua indústria, empresa ou sala comercial é um passo importante. Uma das técnicas que está sendo muito usada, é o Ecotelhado Branco.

Ela ajuda a reduzir a temperatura do ambiente, sendo uma alternativa aos telhados verdes, com a vantagem de ser possível sua utilização em lajes, telhas, contêineres, galpões, indústrias, residências, hospitais, supermercados e muito mais!

O Ecotelhado Branco consegue refletir até 90% dos raios solares, reduzindo em até 35% a temperatura interna. Confira as vantagens:

  • Redução do consumo de energia elétrica com ar condicionado e ventiladores;
  • Protege contra a corrosão de superfícies metálicas;
  • Impede o aparecimento de fungos e bactérias;
  • Reduz o ruído de chuva no telhado;
  • É sustentável e atóxico por ter como base pequenas esferas de cerâmica e água.

Agora que você já sabe as funcionalidades desses materiais sustentáveis está na hora de colocar a mão na massa. Consulte uma empresa especializada em construção e incorpore em seu projeto esses materiais que proporcionam economia e qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *